Profissional Coach & Treinamento Coaching Pessoal

LUA NEGRITA – Roberto Mattoso Poemattoso

poemas-roberto-mattoso-30-10 Vi a mesma lua que ela viu Eu, de Niterói Ela, do Rio Como pode a lua Ser crescente e flutuar? Ser minha e sua Distante, nos aproximar? Será lua cheia pra nós Sentados na praia, a sós Vejo a mesma lua que ela vê Brilho que o nosso amor vai ter Como pode a lu Tão branca lembrar você Quando toda nua Faz o corpo-céu acender Faz Negrita aparecer Lua nova do meu prazer Vi a mesma lua que ela viu A lua minguante que sorriu   🙂

Deixe o seu comentário

*