Profissional Coach & Treinamento Coaching Pessoal

QUANDO A LUA CHEGA – Roberto Mattoso Poemattoso

poemas-roberto-mattoso-31-10 Quando a lua cheia chega O meu coração não nega Que o sorriso da morena Também tem uma luz plena Espero o ‘Sim’, pois quero o ‘Sim’ Quando senta à minha mesa O meu coração começa A bater com muita pressa Quero logo a sobremesa Apresso o fim, confesso sim Quando deita em minha prancha Onda vem e ela desce O meu coração desmancha Como a gente se parece Tão belo assim, um elo assim Peço a Deus uma resposta Uma vida eterna festa O meu coração aposta Acho que a hora é esta Expresso enfim, você pra mim Mas quando ela está ausente Minha noite esvazia O meu coração pressente Nasce então a poesia E o verso é ‘Sim’, e até o inverso é ‘Sim’ Converso sim, conservo o ‘Sim’ E descubro que CORagem Vem de CORações que agem Quero mais que a sua imagem Vem comigo pra viagem Tô perto sim, até o fim Roberto sim, até o fim

Deixe o seu comentário

*